Somos uma organização liderada por mulheres dedicada a promover a compreensão sobre o funcionamento de tecnologias digitais e expor as assimetrias de poder que podem ser ampliadas por seu uso. Nosso trabalho envolve o monitoramento e análise de códigos legais, culturais e de programação para influenciar políticas públicas e incentivar boas práticas. Somos parte de uma rede global de ativistas que criam e compartilham ferramentas e estratégias para o uso mais autônomo e consciente das tecnologias e para a inclusão da perspectiva dos direitos humanos quando se pensa nos meios digitais.
Nossos projetos são desenvolvidos nas seguintes áreas:

Cidades, fronteiras e territórios na era digital

Digital technologies are gradually integrating territories. From Smart Cities, facial recognition technologies, Big Data, Augmented Reality or drones flying over the frontiers, to new issues coming along with the cyber security of States.

Gênero e sexualidade nos meios digitais

Virtual spaces, especially the mainstream platforms that dominate the internet nowadays, reflect the same inequalities we observe offline as sexism, racism and homophobia, threatening the rights of non-conformity groups to freedom of expression, information and safety.

Código e direitos humanos

This thematic area takes the policy hacking dynamics into its core seeking to address the challenges to merge the communities working in technological tools and those working on advocating for protecting Human Rights in the digital environment.

Resposta à emergências de políticas públicas

Coding Rights is concerned about how Human Rights are affected or reinforced by public policies addressing digital technologies.

Projetos
Blog
Connect with Coding Rights
Coding Rights Facebook
Coding Rights twitter
Antivigilancia
Antivigilancia
Blog Brasil post
Antivigilancia twitter