O Facebook usa nossa interação dentro e fora da plataforma para inferir classe social, identidade de gênero, sexualidade e muitos outros aspectos de nossas vidas. Todas essas informações são valiosas para os anunciantes. Elas permitem que os anunciantes te persigam com propagandas de berços, programas de perda de peso e, se você tiver uma certa idade, invadam sua linha do tempo com anúncios de programas de fertilidade ou sugestões para congelar seus óvulos.
Achamos bastante preocupante que o Facebook permita que anunciantes cheguem a você com base em informações tão íntimas e comecem a sugerir como você deve ser e com o que deve se preocupar. 
O Facebook chega a dizer que podemos controlar como anunciantes interagem com a gente se editarmos a página “Suas preferências de anúncios“, mas qual é a eficácia verdadeira disso?
É por isso que criamos o fuzzify.me — uma extensão de navegador para o Firefox e o Chrome que ajuda as pessoas a confundir os perfis usados pelo algoritmo do Facebook para distribuir publicidade direcionada e a obter alguma transparência sobre como tudo isso funciona.

Saiba mais sobre este projeto aqui.

For English version about this project, click here.